Iara e Henrique

Postado em 9 jul, 2015 - Blog

Quando chegaste, redescobri em mim inocência e alegria.
Removi a máscara que sobrava:
nada havia a esconder de ti, nem medo; a não ser partires.

Supérfluas as palavras, dispensada a aparência, fiquei eu,
Sem prumo, como antes da primeira dúvida
E do último desencanto.

Quando chegaste, escutei meu nome como num outro tempo.
O meu lado da sombra entregou o que ninguém via:
As feridas sem cura e a esperança sem rumo.

-Lya Luft








































Deixe seu comentário.